A ANSIOSIDADE, O MEDO, AS ORAÇÕES REPETIDAS, ... , DEVEM SER ENCARADOS COMO SINTOMAS DA FALTA DE CONFIANÇA EM DEUS PAI

16:17 MINISTÉRIO APOSTÓLICO ROSA DE SAROM 0 Commentários


“Não andeis ansiosos por coisa alguma; antes em tudo sejam os vossos pedidos conhecidos diante de Deus pela oração e súplica com ações de graças.” (Fl 4:6)

É muito natural termos necessidades, e é normal também fazer com que nossos pedidos se tornem conhecidos de nosso Deus e Pai. Mas, às vezes extrapolamos nesse procedimento ao ponto de darmos a entender que Deus seja surdo ou não esteja atento para nos ouvir. Se apresentarmos nossas petições várias vezes, ao contrário do que muitos pensam, não é um sinal de espiritualidade, mas sim a demonstração de que não cremos ou não confiamos verdadeiramente em Deus.

Aliás, este é o ponto que precisa ser resgatado em nossa vida. A confiança em Deus foi abalada desde o Éden, e até hoje o homem peca nesse aspecto. Os desequilíbrios da alma que manifestamos são apenas sintomas dessa única causa. A ansiosidade, o medo, as orações repetidas, etc, ocorrem justamente pela dificuldade que o homem tem de confiar efetivamente em Deus. A cura que realmente precisamos ter é esta: confiar em Deus.

Após colocarmos nossos pedidos diante de Deus, a melhor providência é apresentarmos ações de graças, que é o reconhecimento de que Deus teve misericórdia de nós e derramou de Sua maravilhosa graça que não merecemos. Ao fazermos isso, muito mais do que a manifestação sincera de gratidão, estamos na verdade fortalecendo nossa fé e impedindo que pensamentos de dúvida tomem espaço em nossa mente. Este é, de fato, o melhor combate à nossa vulnerabilidade na área da fé, pois a estratégia do diabo sempre é que não confiemos em nosso Deus e Pai.

Com carinho,
Flávio e Aline
rosadesarom.net
08/02/2012

0 comentários:

Obrigado pelo seu comentário. Ele passará por moderação, e se aprovado, irá se publicado.